Pular para o conteúdo

Como rezar as 7 dores de maria

A devoção às Sete Dores de Maria é uma das mais antigas e populares da Igreja Católica. Ela nos convida a meditar e rezar sobre os momentos de sofrimento que Nossa Senhora viveu durante a vida de Jesus. Essas dores são uma forma de nos aproximarmos ainda mais da Mãe de Deus, compreendendo o seu amor, a sua dor e a sua coragem diante dos desafios que enfrentou. Neste artigo, vamos ensinar como rezar as Sete Dores de Maria, para que você possa se unir a essa devoção e sentir a presença da Virgem Maria em sua vida.

Como se rezá às sete dores de Nossa Senhora?

A devoção às sete dores de Nossa Senhora é uma forma de meditar sobre o sofrimento que Maria enfrentou durante a vida de seu filho Jesus Cristo. Essas dores são:

  1. Profecia de Simeão;
  2. Fuga para o Egito;
  3. Perda do Menino Jesus no Templo;
  4. Encontro com Jesus a caminho do Calvário;
  5. Crucificação e morte de Jesus na cruz;
  6. Retirada do corpo de Jesus da cruz;
  7. Sepultamento de Jesus.

Para rezar às sete dores de Nossa Senhora, pode-se seguir a seguinte oração:

Ó Mãe dolorosa, lembrai-vos das sete dores que penetraram como setas vosso Coração Imaculado. Tende piedade de nós, que tanto precisamos de vossa intercessão junto ao vosso Filho Jesus Cristo. Amém.

Em seguida, pode-se fazer a seguinte meditação para cada dor de Nossa Senhora:

  1. Profecia de Simeão: Meditar sobre a dor de Maria ao ouvir a profecia de Simeão sobre a espada que transpassaria sua alma;
  2. Fuga para o Egito: Meditar sobre a dor de Maria ao ter que fugir com o Menino Jesus para o Egito para escapar da perseguição de Herodes;
  3. Perda do Menino Jesus no Templo: Meditar sobre a dor de Maria ao perder o Menino Jesus no Templo e procurá-lo angustiada por três dias;
  4. Encontro com Jesus a caminho do Calvário: Meditar sobre a dor de Maria ao encontrar Jesus carregando a cruz a caminho do Calvário;
  5. Crucificação e morte de Jesus na cruz: Meditar sobre a dor de Maria ao ver seu filho Jesus ser crucificado e morrer na cruz;
  6. Retirada do corpo de Jesus da cruz: Meditar sobre a dor de Maria ao retirar o corpo de Jesus da cruz e abraçá-lo pela última vez;
  7. Sepultamento de Jesus: Meditar sobre a dor de Maria ao acompanhar o sepultamento de seu filho Jesus.

Para finalizar a oração, pode-se fazer a seguinte invocação:

Ó Mãe dolorosa, nós vos pedimos que nos ajudeis a carregar nossas cruzes e a seguir o exemplo de vosso Filho Jesus Cristo, para que possamos alcançar a vida eterna junto a vós no céu. Amém.

Quais são as 7 dores de Maria Santíssima?

As 7 dores de Maria Santíssima são eventos da vida de Nossa Senhora que causaram grande dor e sofrimento em seu coração maternal. Essas dores são:

  1. A profecia de Simeão no Templo, que previu que uma espada de dor atravessaria sua alma devido ao destino de seu filho Jesus (Lucas 2:34-35).
  2. A fuga para o Egito com Jesus e José para escapar da perseguição de Herodes (Mateus 2:13-15).
  3. A perda do Menino Jesus no Templo, onde ela o procurou por três dias antes de encontrá-lo (Lucas 2:41-52).
  4. O encontro com Jesus carregando a cruz no caminho do Calvário (João 19:17).
  5. A crucificação e morte de Jesus na cruz (João 19:25-30).
  6. A retirada do corpo de Jesus da cruz e seu sepultamento (Mateus 27:57-61).
  7. A angústia e a dor de Maria enquanto esperava pelo retorno de seu filho da morte (Lucas 23:55-56).

Essas dores são lembradas e honradas pela Igreja Católica através da devoção das Sete Dores de Maria, que é uma forma de meditar sobre o sofrimento de Maria e pedir sua intercessão em momentos difíceis.

Como rezar a semana das dores?

Para rezar a semana das dores de Maria, é importante seguir alguns passos:

  1. Primeiro dia: Meditar sobre a profecia de Simeão e refletir sobre a dor de Maria ao ouvir que uma espada atravessaria sua alma.
  2. Segundo dia: Meditar sobre a fuga para o Egito e refletir sobre a dor de Maria ao ter que fugir com seu filho recém-nascido para protegê-lo.
  3. Terceiro dia: Meditar sobre o momento em que Jesus se perdeu no templo e refletir sobre a dor de Maria ao procurá-lo e encontrá-lo ensinando os doutores da lei.
  4. Quarto dia: Meditar sobre o encontro de Maria com Jesus a caminho do Calvário e refletir sobre a dor de ver seu filho carregando a cruz.
  5. Quinto dia: Meditar sobre a crucificação de Jesus e refletir sobre a dor de ver seu filho sendo crucificado e sofrendo.
  6. Sexto dia: Meditar sobre o momento em que Jesus é tirado da cruz e refletir sobre a dor de ver seu filho morto em seus braços.
  7. Sétimo dia: Meditar sobre o sepultamento de Jesus e refletir sobre a dor de ver seu filho sendo colocado no túmulo.

Além disso, é importante rezar as orações próprias da semana das dores, como a Ladainha das Dores de Maria e a Ave Maria das Sete Dores.

Rezar a semana das dores de Maria é uma forma de nos unirmos à dor de Nossa Senhora e de meditarmos sobre o sofrimento de Jesus na cruz. É um momento de reflexão e de oração profunda, que nos ajuda a crescer em nossa fé e a nos tornarmos mais próximos de Deus.

Para que serve o terço das 7 dores de Maria?

O terço das 7 dores de Maria é uma forma de oração que tem como objetivo meditar sobre as sete principais dores que a Virgem Maria sofreu ao longo de sua vida. Essas dores incluem:

  • A profecia de Simeão sobre a espada que atravessaria o coração de Maria
  • A fuga para o Egito com o Menino Jesus
  • A perda do Menino Jesus no Templo
  • O encontro com Jesus a caminho do Calvário
  • A crucificação e morte de Jesus
  • A descida da cruz e a entrega do corpo de Jesus a Maria
  • O sepultamento de Jesus

Ao rezar o terço das 7 dores de Maria, os fiéis são convidados a refletir sobre esses momentos difíceis da vida de Maria e a se unir a ela em sua dor. A oração também ajuda a fortalecer a devoção mariana e a compreender melhor o papel de Maria na história da salvação.

Conclusão: Como rezar as 7 dores de Maria

Rezar as 7 dores de Maria é uma forma de meditar sobre a vida e o sofrimento de Nossa Senhora. É uma oração poderosa que nos ajuda a compreender melhor a dor e o sacrifício de Jesus na cruz. Ao rezá-la, somos convidados a refletir sobre a nossa própria vida e a encontrar força e consolo nas dores de Maria. É uma oração simples e profunda que pode ser rezada a qualquer momento e em qualquer lugar.

Para começar a rezar as 7 dores de Maria, é importante que você escolha um lugar tranquilo e silencioso para se concentrar. Em seguida, segure o terço e comece a meditar sobre cada uma das dores de Maria, começando pela agonia no jardim, passando pela flagelação, coroação de espinhos, caminho do calvário, crucificação, morte e sepultamento de seu filho Jesus. Durante a oração, concentre-se nas dores que Maria suportou e peça a ela que interceda por você e por todas as suas necessidades. Ao finalizar a oração, agradeça a Maria por sua intercessão e peça a bênção de Deus. Rezar as 7 dores de Maria é uma forma de se aproximar da Virgem Maria e de se conectar com a dor e o sofrimento que ela enfrentou por amor a seu filho.

Deixe sua avaliação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *